Cuidados com a pele após a gravidez

A gravidez pode trazer algumas mudanças desagradáveis à pele, como aumento de oleosidade no rosto, estrias e manchas escuras, por conta de alterações hormonais. Após o parto, o corpo costuma voltar ao normal durante os seis primeiros meses, e nesse período, é importante reforçar a rotina de cuidados com a pele. Contudo, antes de começar a utilizar qualquer produto, é necessário orientação médica. Consulte sua dermatologista sempre!

 Combatendo a oleosidade e ativando a circulação sanguínea

Foto: Reprodução/Pinterest

A esfoliação do rosto e do corpo pode ser feita em casa e vai ajudar a diminuir a oleosidade da pele, ativando a circulação sanguínea, prevenindo estrias enquanto a pele recupera a elasticidade normal.

Existem esfoliantes ou máscaras faciais específicas para essa área e com hidratação na fórmula que ajudam a não ressecar a pele. O resultado é uma pele livre de células mortas, luminosa e renovada.

Para o corpo, é indicado usar um esfoliante com partículas um pouco maiores, massageando áreas mais secas como cotovelos, joelhos e pés. 

Creme anti-idade para olheiras

Foto: Reprodução/Pinterest

Devido às poucas horas de sono após o parto, as olheiras surgem como um dos maiores vilões das mamães. Para amenizá-las, a dica é aplicar diariamente um creme hidratante anti-idade. Aplique-o ao redor dos olhos com a ponta dos dedos, massageando suavemente e dando batidinhas até que o creme seja absorvido.   

Os cremes rejuvenescedores têm vitaminas e antioxidantes que desincham e clareiam a pele, além de substâncias que ajudam a prevenir a flacidez dessa área.

Recuperando a firmeza da pele

Foto: Reprodução/Pinterest

Durante a gravidez, a pele da barriga é esticada ao máximo para carregar o bebê e isso provoca as temidas estrias. Para evitar que elas se desenvolvam e para que a pele recupere a firmeza é importante usar cremes hidratantes, tanto durante a gestação, quanto no pós-parto. O creme também vai deixar a textura da pele mais macia e a aparência mais luminosa. 

Para o corpo, aposte em fórmulas com óleo e manteigas, para contornar o ressecamento. No rosto, use cremes com ativos antioxidantes e vitamina E, como os cremes anti-idade. Eles contêm ativos que protegem as fibras de colágeno e elastina, responsáveis pela firmeza da pele. 

Tratando o melasma

Foto: Reprodução/Gal Meets Glam

O melasma são aquelas manchas escuras e indesejadas que aparecem nas maçãs do rosto durante a gravidez. Na maioria dos casos, o melasma gravídico desaparece após o parto, mas é importante ter alguns cuidados para diminuir essas manchas e evitar que elas reapareçam após qualquer exposição ao sol. 

Os ácidos costumam ser receitados por dermatologistas para uso noturno, devendo ser removidos pela manhã. A função deles é promover a renovação celular e estimular a formação de colágeno, além de facilitar a penetração de outros agentes com funções clareadoras. Os ácidos mais usados são o retinoico ou tretinoína, o glicólico, o azelaico e adapaleno.

Alguns ativos clareadores como a vitamina C e o hidroquinona também são usados para ajudar a clarear as manchas. A resposta ao uso desses produtos costuma ser lenta e gradual. Mas para a eficiência de qualquer produto e para evitar que as manchas reapareçam, é imprescindível o uso filtros solares no tratamento do melasma. Um único dia de exposição ao sol sem filtro pode colocar a perder os resultados obtidos com os produtos clareadores. 

Volto a repetir que o mais importante é consultar sempre um dermatologista antes de usar qualquer produto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *